O Homem do Sol (O Lavrador)

Zé Tapera e Teodoro

Compositor: Peão Carrero

O homem do sol Com a pele queimada
E as mãos calejadas Não tem feriado
Pedindo a Deus um ano de sorte
Com seus braços fortes prepara o roçado
E quando a vê a chuva Na terra caindo
Contente sorrindo Faz a plantação
Com grande esperança ele luta sozinho
De tudo um pouquinho semeia no chão

O homem do sol É feliz lá na roça
Em sua palhoça dá muito valor
De manhã cedinho ele vai pro trabalho
Em cima do orvalho derrama o suor
Ao morrer da tarde ele deixa o roçado
O corpo cansado ele chega em seu lar
Sua amanda esperando na porta da frente
Alegre e contente ela vem lhe abraçar

O homem do sol Crê em Deus com verdade
Não deixa a maldade ferir seu irmão
Só ele respeita a lei da natureza
Com toda a pureza do seu coração
É o responsável pela agricultura
E nossa fartura ele é o produtor
Que Deus lá do céu derrame a benção
E dê proteção ao fiel lavrador

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital